Zé Urbano

Loading...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008


FETICHE

Eles me deixam de quatro,
me fazem escravo desse amor.
Teus pézinhos trinta e quatro,
que eu amo com tanto ardor.

Eles são o meu fetiche
sou sem-vergonha, sem pudor.
E o resto do mundo que se lixe,
pois estou a teus pés, meu amor!

4 comentários:

JAZZ-MIM disse...

Nossa! Amada sua mulher,hein! bonito poema... Meu namorado tb tem esse fetiche! As unhas tem que estar sempre feitas pra alegria do bonito! Mas é muito bom sentir isso... carinho nos pés é um amor! Boa noite! bjos

Silvana Bronze disse...

Eu calço 34, hehehe. Maravilhoso poema. É uma harmonia de palavras e de imagens que o torna rico e belo. Eu posso salva-lo?

luma carvalho disse...

gostei das rimas... carregadas de sensualidade!

beijos na alma
com sabor de "apareça!"

luciana
luma
lua

Simone Gois disse...

Oi Zé,
Por isso ce tava sumido né...
tava nesse fetiche sem vergonha!!!
Como sempre um texto carregado de leveza.
beijos