Zé Urbano

Loading...

sábado, 11 de setembro de 2010

ESTRO

A moça era tão sutil...
que sumiu!
E eu tão arguto...
fiquei puto!
Como ela pôde ser tão perspicaz...
como um jazz!
Como ela pôde ser tão vil...
e me deixar assim... no cio!

2 comentários:

Everton Merlin disse...

Cara, teu humor é show de bola, lembra Veríssimo e um pouco de Bukowski.

Já leu Bukowski?


Abraço!!


Seguirei visitando, sempre que o tempo permitir, ou a vida, nunca se sabe.

R.C. disse...

Elas sempre somem...e o pior é quando te deixam sem...cio! Abraços...gosto muito do teu trabalho.