Zé Urbano

Loading...

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Lágrimas que se importam

LÁGRIMAS QUE SE IMPORTAM

Eu chorei...

E meu choro foi ouvido em todo lado.

Eu chorei mudo, calado.

Chorei à revelia,

uma noite, um dia.

Eu chorei...

Pelas crianças que choram,

pelas mães que choram,

pelos presos que choram,

pelos velhos que choram,

e muito mais eu chorei...

Pelos homens que nunca choram,

que nunca se importam,

que nunca se olham.

Nenhum comentário: