Zé Urbano

Loading...

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

AI SE O P

Ai! se o “p”
de poesia
fosse o “p”
de porcaria
todo poeta
seria um porco
e nem a porca
o quereria.

Nenhum comentário: