Zé Urbano

Loading...

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Sem mais, nem menos

Não resisto à uma investigação.
Tudo que eu tenho cabe num saco de gude.
O meu maior sonho não passa do joelho.
Passo longe das idéias, adoro um conselho.
Vivo à cata de um olhar que me redima.
Sou visto e não me enxergo.
Coleciono sê-los, mas não sou.
Quando estou nú acho tudo um exagero.
Já vestido, sinto falta do meu pelo.
A minha  indecisão já foi até patenteada.
Procurei por mim em tudo e me achei em nada!

Nenhum comentário: